segunda-feira, maio 21, 2007

Sexo


Eu gosto de homem lisinho. Mas não no peito e nas pernas. Não é porque eu faço pipoca caramelada, locamos um DVD, e alguém passa a noite comigo que eu quero romance. Eu quero romance, mas só com quem eu me preocupar se vou ficar parecendo gorda se estiver por cima. Fora isso eu quero prazer. Meu e seu. Porque até no sexo o prazer tem que ser mútuo. Sexo é sexo. Amor é amor. Não to discutindo o que é melhor, só afirmando que são coisas diferentes. E sexo pra mim tem que ser sem pudores. Você pode me falar o que vem na cabeça, prometo não ruborizar. Agora, não me vem com não me toques. Alias, eu toco onde quero, como quero. Sexo é lascivo, é provar que pode se ocupar o mesmo lugar no espaço. É não perguntar se pode, é simplesmente saber que pode. Sexo não pede licença, comigo, tem que ir arrombando as portas. Sexo é escolha. Amor é sorte... Tsc...





PS: Pitacos da Clara, que não me deixou ser pervertida “in natura”. Eu tenho que aprender a “psicologizar” as coisas...

5 comentários:

Sieger disse...

Sexo é tão bom! Mas, assim nesses termos que vc tá citando! Estou de pleno acordo com vc!!! Tanto que ainda estou roxo e mancand, rsrsrs...
Olha, nada melhor do que o Vick Pyrena pro inicio de resfriado!!! É um must!
Besos

Marcelo disse...

Concordo com sua visão sobre sexo.
Sexo não pode ter pudores nem uis e ais.
Tem que chegar chegando, como você mesma define tão bem.
Sexo é entrega, amor é devaneio, tsc...

ki-colado disse...

Nesse aspecto sou passivo...
Você comanda a festa!

Lua disse...

sexo... eu na minha crise de abstinencia e vc so falando de sexoo... desse jeito eu nao passo mais nemmm dessa noite... risos...
beijos

À deriva disse...

OIe

Aquele layout foi presente de um grande amigo virtual. Foi ele tb quem colocou os selinhos. Eu não saco quase nada de html.

Ah. seu blog tinha que estar ali. É leitura obrigatória. ADORO.

Ah, sobore o post, me lembrei da história de um amigo meu que foi transar com um cara e na hora H o cara disse assim pra ele: Posso introduzir??? hahahahahah

Não rola, né!!! Aja cerimônia!
Beijos