quarta-feira, maio 02, 2007

Oh meu saco! Ou ... Essa gente não tem mais nada de interessante a fazer do que se preocupar com a MINHA vida?

Tem gente que acha que eu faço tipo. Sabe, pagando de gatinha. Não faço. Sinto muito. Se eu não falo com alguém é porque realmente não tenho vontade. Não é tipo. Não é querer atenção. Se recusar algum convite de um cara, sem um motivo realmente plausível, não é jogo. Não é valorização. Eu simplesmente não estou a fim de sair com ele. E não me acho melhor com isso, até porque tem um monte de caras que adoraria sair e eles simplesmente não estão a fim de mim. Eu acho que a gente perde muito tempo da nossa vida querendo dizer coisas e fazendo média. Querendo chamar atenção por algo que não somos. Se eu não gosto de alguém não gosto e pronto. Não trato melhor nem pior, apenas me limito a enxergar através dele. Se gostar, gosto de graça, não precisa falar comigo a toda hora, não precisa me ligar, não precisa convivência diária. Eu simplesmente gosto. E ponto. E se me perguntar em qual time você esta, eu com certeza irei dizer a verdade. Uma característica dúbia que vira defeito e qualidade. Depende de que ângulo da resposta você esta. Eu não finjo que gosto de alguém, já disse, eu passo reto. Já cheguei em um lugar que de uma roda de pessoas havia uma que não simpatizava, entrei na roda, dei beijo em todos e esta ganhou um aceno de cabeça educado. Fiquei ali conversando normalmente. Fui o assunto do dia. Mas acho melhor um leve aceno de cabeça educado, do que um beijo falso. Eu não tenho crise se alguém não gosta da minha cara. Eu simplesmente penso nos que gostam. Eu não vou deixar de dormir porque não agrado 100% da população que me cerca. E não espero que ninguém perca o sono por mim. Às vezes não tem nem motivo. Apenas meu santo não bate com o de alguém. E pronto. Fudeu. Não tem cristo que me faça mudar de idéia. Meio mula empacada? Sim, mas sem fazer tipinho algum. Autenticidade.




Ps: Cansada de pré julgamentos.

3 comentários:

ki-colado disse...

E você está certa!

Afinal, nunca iremos namorar com todos os habitantes do mundo, sendo apenas um.

Marcelo disse...

Eita mulé brava, meudeus.
Adoro isso...=P


Smack!!!

J@de disse...

Vc encerrou dizendo tudo!! Autenticidade!!
A maioria prefere ser hipócrita... apesar de ainda me afetar pelo comportamento alheio, sou como vc, se quero, quero, se gosto, gosto e dane-se!!
Beijos!!