terça-feira, outubro 31, 2006

O que deseja?


Foi a pergunta que me fez ontem o rapazinho que é atendente no meu banco. Um ruivinho cheio de sardas, com no máximo 17 anos. Olhei nos seus olhos e vi aquele brilho que nossos olhos tem quando somos adolescentes, aquela sede pela vida, aquela certeza que podemos tudo, que se quisermos iremos conquistar o mundo. Uns olhos que vêem tudo vermelho intenso.

O que desejo? Desejo ter esse brilho novamente nos meus olhos. Desejo essa sede pela vida, essa certeza de que tudo vai dar certo, de que posso tudo. Desejo é esse sentimento que nos faz levantar da cama aos 17/18 anos, aquela sensação de “meu Deus mais um dia maravilhoso, onde eu posso tudo”, não que hoje eu seja uma depressiva que não consiga levantar da cama, mas todo dia pela manhã gasto pelo menos10 minutos procurando um motivo pra levantar da cama, e tudo que eu consigo é “bora Jana, se já ta uma merda, ficaria pior se perdesse o emprego”. Desejo novamente esses olhos, desejo trocar meus olhos cinzas pelos seus.

Desejo noites de sono, desejo que essa insônia recheada de fantasmas que andam a me atormentar desapareça. Desejo que as lágrimas de tristeza sequem dos meus olhos. Desejo que esse povo cuide menos da vida alheia. Desejo que essa nojeira de caráter que vejo espalhada ao meu redor seja apenas ilusão de ótica. Desejo realmente conhecer o ser humano, saber quem a pessoa realmente é, pra que mais tarde não sofra nas mãos de um completo estranho.

Se pudesse, também desejaria voltar no tempo, não pra mudar minha vida, mas pra revive-la sabendo tudo que sei hoje. Desejo poder olhar pro Bernardo e não ter uma nuvem cinza em meus olhos que ele não compreenda. Desejo conseguir olhar o mundo novamente multicolorido.

Desejo amar e ser amada. Desejo paixão ardente. Desejo carinho sincero. Desejo silêncios que não me sejam constrangedores. Desejo uma casa com cerquinha branca, um jardim florido, e uma boa xícara de café na varanda. Desejo sair daqui, dobrar a esquina e encontrar o grande amor da minha vida. Desejo ouvir sinos quando isso acontecer, ou quem sabe aquela luz que aquele escritor diz que veremos sobre o ombro de nossa alma gêmea. Tudo para que eu não o deixe passar em vão.

Desejo me esquecer do poder da crueldade humana. Desejo esquecer o quanto o ser humano pode ser dissimulado, frio e cruel. Desejo tirar da minha memória, todas as vezes que me senti pequena, que me senti humilhada, que me magoaram e que magoei.

Desejo não ter que dormir até mais tarde no domingo apenas por não querer acordar e ter que constatar que estou sozinha. Desejo dormir até mais tarde no domingo pra prolongar os momentos de felicidade.

Desejo mais dinheiro, mais dinheiro pra todo mundo que precisa. Desejo poder comprar presentes para os que amo. Desejo dinheiro pra poder ajudar quem precisa. Desejo que todos que tem dinheiro façam isso. Esse mundo seria tão mais fácil.

E se não for pedir muito, desejo que todas as minhas estrias, celulites, gorduras localizadas sumam por osmose. Desejo também ter a minha bunda dos 18 anos de volta.

Desejo ser feliz, no sentindo amplo desta palavra. Desejo que esse vazio, esse oco aqui dentro se complete. Que esse nada vire tudo! Desejo me sentir inteira novamente, pois estou cansada de catar os pedaços. É isso, desejo acima de tudo paz!

- Moça? O que deseja? (me pergunta novamente o ruivinho de olhos vivos)

- Ahhh, tanta coisa, tanta coisa...

3 comentários:

Bellaessence disse...

Quem não deseja?
O sumiço da celulite por osmose foi massa.Rsrsrs
Um bom dia
:D

UmCaraDoTeuPassado disse...

Olha Jana...

Te conheço bastante pra te dizer uma coisa... tudo isso que tu deseja.. certamente tu ja teve.. não todos juntos... mas se parar pra pensar... teve cada um deles, bem nas tuas mãos... mas sabe o q faltou.. tranquilidade... e pior é q a falta disso até não é tua... é como comer sorvete em uma montanha russa... é bom, mas faz uma sujeira... e tu nao consegue curtir como deveria!!!!
Eu tive a oportunidade de assistir isso... sei as historias de trás pra frente inclusive.

É uma verdade que guardamos lembranças boas e ruins (li isso em um outro post teu)... e em muitos momentos queremos esquecer das boas.. pq elas nos atormentam... so tem uma coisa q acho q tu deve considerar... assim como vc tem recordaçoes boas... quem esteve com vc.. tbem os tem de vc...
Os erros mútuos.. ficam de lado...
As escolhas erradas tbem...
Então vou te dizer...
Não deseja tanto o q tu nao tem mais.. agradece por ter tido!

Pq tem gente q nem sabe o q é isso e nunca saberá!

E outra coisa ... Curte esse filhote q tu tem... curte a tua vida de agora pra frente... q certamente vc vai ter tudo q deseja e ainda mais... qdo menos imaginar!

Deixa teu passado pra lá.. mas nao esquece... pq sempre serve de aprendizado... bom ou ruim!

Bjo e Fica Com Deus Guria!
Aqui fica um apoio.. e não um conselho... não sou ninguem para te dar conselhos!

Erika disse...

Janinha,
Outro dia ví um filme em que o mocinho dizia... Cuidado com o que deseja, vc pode conseguir...
Parece ameaçador né?
Pois.. aí lí alí o comentário de um moço que parece ser anonimo , mas que parece que não é tão anonimo assim.. e concordo com uma coisa que ele disse...
Não deseje o que já teve.. agradeça por ter tido.. e viva o melhor que pode.. porque os desejos vão se realizando sem a gente nem perceber.

Beijos querida.. ótimo feriado aí