segunda-feira, dezembro 03, 2007

Então é Natal... Ahhh não torra!



Dezembro começou e ninguém fala em outra coisa. É Natal! Todo mundo querendo saber onde vamos passar o Natal (dá pra ser num lugar bem longe de qualquer luzinha e da Simone cantando?). Com dezembro, e esse clima todo de “somos pessoas felizes e melhores” meu humor característico pra época do ano começa a tomar conta do meu ser. Bernardo já começou a me enlouquecer com a Carta do Papai Noel e sua lista de presentes. Nada modesto por sinal. Bem menos modesto que ano passado.

Todo mundo se amontoando em shopping para comprar os presentes. E eu nem sei ainda de onde tirarei dinheiro para tal fato. Querendo saber o que vão vestir, o que vão comer, o que vão ganhar. Por mim podia ser um chinelinho e um pijama, pra combinar com esse lugar distante que eu gostaria de estar na noite fatídica. Eu não tenho nem idéia do que vou almoçar hoje (e já são 11:00hs) vou pensar agora que vou comer no fim do ano? Como se a ceia mudasse muito. Peru, ou suas variações, rabanada, salada.... Todo ano a mesma coisa, gente sem criatividade.

Não montei e sinceramente se depender da minha boa vontade, nem montarei árvore de Natal. Ainda bem que eu tenho uma mãe que acha um absurdo não monta-la e vou continuar me amarrando até que ela faça isso.

Quem vem aqui há mais tempo sabe que dezembro pra mim é um mês perdido. De humor oscilante e quase sem saco pra nada. Então os “novatos” não se assustem. Não sou anti-social. A gente até podia marcar uma cervejada em algum boteco na noite de Natal. Desde que seja completamente distante de qualquer luz tosca piscando e da maldita da Simone que já começa a gritar nos corredores dos shoppings. Com a condição de quem ninguém de a idéia de fazer amigo secreto.

Depois vem fim de ano. E confesso que sou mais tolerante a respeito. Até chego a fazer alguma movimentação. Desde que não comecem com aquilo de “retrospectiva” porque se você fez merda e deu tudo errado o ano todo, adianta chegar no ultimo mês e fazer análise? Promessas de ano novo então... Como se mudasse o ano e mudasse a sua vida. Tudo de novo que você vai ter são as contas do cartão de crédito que você torrou no Natal.

3 comentários:

Dani disse...

O pior de tudo é aquela baboseira de que devemos colocar as metas do ano novo em uma agenda e cumpri-las...me poupeeeee!!!!
Não cumpro nem o que eu devo cumprir nesse exato momento, quanto mais fazer planos futuros.
bjoooo

Ana Fernandes disse...

ah.. eu faço minha listinha de metas!!
ueheuheuheuehuehuehue

engraçado que ano passado a mamãee passou o natal todo falando que enfeitaria a casa...
no ano seguinte (sim, em janeiro)
a casa apareceu toda de bolas vermelhas, árvores e papai noeis...

qq tem, né? é só uma decoração...

Vivi disse...

assino em baixo!!!!!!!!!!