segunda-feira, julho 16, 2007

Curto Circuito...

A vida que eu deveria ter tido se as coisas não tivessem dado errado. Se tu não tivesses feito a merda que fez. Se a gente não tivesse descompassado o passo. Perdido a sintonia. Mudado de caminho. Se não tivéssemos adiado tanto. Se eu não tivesse exagerado a dose. Podia ter dado certo. Eu sei. Eu sinto. Podia ter sido diferente. Não estaria aqui nessa loucura toda. Nesse turbilhão de pensamentos e sensações. Me perguntando porque não consigo mais. Porque não consigo simplesmente ir em frente. Qual foi à parte de mim que você levou? Qual botão você desligou quando foi embora? Preciso saber. Pra religa-lo e voltar à vida. Simplesmente o botão travou e eu travei junto. Teríamos sido felizes? Nós éramos felizes. Nós riamos juntos. Até que um dia essas risadas foram ficando cada vez mais escassas. E depois cessaram. Em que momento isso aconteceu? É o que fico me perguntando. Onde foi o ponto exato que perdemos a graça? Existe culpado? Você não se enforcou? Eu cobrei de mais? Quem foi responsável? Teve um? Acho que nunca teremos a chance de saber. Você usou o seu livre arbítrio e a mim apenas restou aceitar. O seu botão não desligou. Você não travou. Seguiu. Continuou. Ensina como faz? Porque alguma coisa se perdeu aqui dentro e eu desaprendi. Eu brinco de faz de conta. Do faz de conta que to seguindo em frente. Só que faz de conta sempre termina em viveram felizes para sempre. E o meu feliz para sempre deve estar lá, bem depois de muitas páginas. Me perdi na história e não consigo reencontrar o ritmo. Vi sua nova vida desfilar na minha frente recentemente. E tudo que eu consegui pensar foi que esta deveria ter sido a minha vida também. Percebi que o fio que me liga ta em curto. E eu não sei fazer ligação direta.

8 comentários:

Dani disse...

Tenho essa coisa de "travar" e ficar ali, meio inerte...me irrito com isso, mas infelizmente sou prática em umas coisas e em outras n. Mas acredito que nunca é tarde para destravar o botão.
Boa semana.

Etc e tal disse...

Sabe é muito engraçado a forma que vc fala, parece estar falando de mim, acho que temos muito em comum... parece que vc narra minha vida no seu blog isso é assustador..rsrsrsrs


bjus

Vivi disse...

Se vc precisa de uma ligação direta e nao sabe, vai chegar alguem e vai faze-la pra vc..
Ai tenho certeza que voltaras. vai se encontrar na sua historia. Virar a pagina, de verdade. e nao no faz de conta. e voltar para ca nos contar....

Bjs e otima semana linda..

bella disse...

eu sei como é isso
ah se sei.....mas como já disseram aqui....NUNCA É TARDE PARA DESTRAVAR!



bjos

Lorita disse...

Tua vida tá acontecendo sem vc tb? Ai Pai, bora descer e empurrar a Jana ladeira à baixo! rs...

Bjo linda

bella disse...

só espero é que el não afunde...kkkkk

bjos

Estava Perdida no Mar disse...

Quando aconteceu comigo tb travei. Tinha uma parte essencial que ficou presa naquele instante e simplesmente não consegui seguir em frente sem ela. Depois de um tempo percebi que esta parte era o "nosso" e não o "meu" por isso achei natural que não a tivesse mais. Por precisar descobrir formaa de continuar acabei encontrando partes não travadas, mas tb não desenvolvidas. Cuidei destas e deixei para trás aquilo que era do passado. Não me pergunto mais como seria. Nem acredito que seria felicidade ou se seria...bem, não importa. Sou feliz agora. Como existem várias formas de estar bem consigo mesma tb creio que poderia estar feliz lá. Mas isso não me paralisa mais. O admirável mundo novo é muito melhor do que qq prisão de uma pseudo-felicidade "perdida".
beijos Moça
Fique bem

lyS disse...

A pior coisa do universo é ver a vida sendo desfilada na nossa frente e perceber que a nossa vida não faz nem sombra no chão. Se eu tivesse lido este texto à 5 anos atrás eu entenderia o vazio que minha vida tinha.
Beijos