segunda-feira, outubro 15, 2007

Drops

- Conversei com o Bernardo. Quando comecei a falar, explicando que ele sabia que o pai estava doente, que havia feito uma operação, e que o coração estava fraco... Ele me interrompeu e disse que já havia entendido o que eu queria dizer. Me abraçou e se fechou. A reação dele foi estranha, diferente do que eu esperava. E confesso que fiquei preocupada, por ele ter se fechado. Não sei se na inocência, talvez por não conviver diariamente com o pai, realmente não tenha sentido de forma forte tudo isso. E por isso não tenha externado. Mas tenho medo que ele tenha guardado dentro dele tudo o que estivesse sentido... Não inventei história alguma, falei a verdade, expliquei que o coração do pai dele estava fraco e que havia parado, que o pai havia morrido e que nunca mais iria vê-lo, disse que ele agora estaria cuidado dele de outro lugar. Deixei claro que estava ali, que não ia sair do lado dele e que estaria pronta pra tudo. A reação dele foi realmente melhor que eu esperava, mas de alguma forma não fiquei tranqüila.

- Mas meu desgaste com toda essa história esta apenas começando. Tenho toda parte legal e burocrática pela frente. A atual esposa do pai dele não morre de simpatia por mim, e só espero que ela não encrenque com todo esse processo.

- Adoro horário de verão, mas demoro uns 4/5 dias pra me adaptar a ele. Então hoje estou lenta, lenta...

- Hashmalim, meu blog não esta autorizado a visitar o teu, se quer que eu apareça, ou você autoriza, ou você comenta no haloscan;

- Dizem que a primavera já chegou... Eu ainda não vi, o inverno insiste em ficar por aqui... Estação da chuva.

3 comentários:

Lily disse...

hummm...
que bom que a reação foi melhor do que a esperada...

Às vezes ele não externalizou isso porque ainda não digeriu bem, sabe?
Quando for a hora, talvez ele coloque pra fora o q ele sente!

Boa sorte pra vc nessas questões legais que são realmente um saco!

Bjksss

Sujeito Oculto disse...

As crianças sempre nos surpreendem. Isso tudo deve estar sendo muito triste para vocês e, mesmo que eles não tivessem muito contato, vai-se embora a opção de se criar um vínculo no futuro. E você, como ficou?

julienni campos disse...

olá adoro sua maneira de se expressar, as palavras simplismente acontecem conforme o texto rola. Tipo num filme.
Vou coloca-la nos meu favoritos.
Parabens.
bjos